sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Minha Coleção de Livros - Parte 2


Sexta-feira chegou, EBA. Nessa sexta apresentarei a segunda parte da minha coleção de livros.



Minha fantástica, maravilhosa Trilogia Mundo de Tinta (Cornelia Funke), já tem resenha no blog. Eu simplesmente amo essa trilogia.
Depois vem minha coleção Dan Brown: Fortaleza Digital, Ponto de Impacto, Anjos e Demônios, O Código Da Vinci, O Símbolo Perdido, Inferno. Dan Brown é um autor que gosto bastante, apesar do pesares. Já fiz resenha de todos os livros aqui no blog.
Por último temos minha coleção As Brumas de Avalon (Marion Zimmer Bradley). Pretendo fazer resenha desses livros mais pra frente, mas já deixo a recomendação para quem gosta das histórias sobre o rei Arthur e sua távola redonda.



Essa parte é dedicada aos meus objetos decorativos:

- Coruja: amo coruja.
- Minha TBR Jar.
- Caixinha imitando livros, utilizo para guardar algumas marcadores.
- Miniatura da Torre Eiffel.


Alguns objetos estão guardados esperando a nova estante. Por hoje é isso. Espero que tenham gostado e na próxima sexta-feira farei a última parte do bookselfie.
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Viajei com: Príncipe Caspian (As Crônicas de Nárnia) - C. S. Lewis

Hoje teremos a 4° parte do Especial As Crônicas de Nárnia. O livro da vez é Príncipe Caspian. Esse foi o segundo livro a ser publicado e também o segundo a ser adaptado para o cinema, embora seja o quarto na ordem cronológica das histórias. Assim como os demais é um livro fino, com 101 páginas na edição de volume único da Martins Fontes.
A história se passa um ano após as aventuras narradas em O Leão, Feiticeira e o Guarda-roupa (nosso tempo cronológico). Mas se passaram séculos em Nárnia, que se encontra dominada por telmarinos, e está sobre o reinado de Miraz, tio de Caspian. Após a conquista os verdadeiros narnianos tiveram de se esconder.
Miraz para assumir o trono mata o irmão, e mantem o sobrinho vivo para dar continuidade ao reinado, pois não ele tinha herdeiro. Mas quando a esposa lhe dá um filho, ele muda de idéia em relação a Caspian, e decide matar o garoto.
Embora seja um telmarino, Caspian não é mal e defende a liberdade dos narnianos, que passam a apoia-lo e o ajudam a fugir. Além disso, ele conta com a ajuda dos antigos reis e rainhas de Nárnia, que retornam e de Aslam.
Já nesse livro podemos perceber como a idade e a volta ao nosso mundo afetou Susana, o que terá grande influência no destino dela.
Sobre o filme: várias coisas foram alteradas, outras incrementaram, para atrair um público mais velho. Dos três filmes o primeiro é meu preferido, pois é o mais fiel ao livro. Espero que tenham gostado.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

TAG - Livros ou Travessuras


Olá, hoje o blog vai entrar no clima do Halloween!!! Aproveitando esse clima responderei a TAG “Livros ou Travessuras?”, que vi lá no Livrofagia. Então vamos às perguntas!



1°. Livro Drácula: Os vampiros são caracterizados por sugar o sangue alheio, cite aquele livro que sugou todas as suas forças, deixando você sem ar.



Ponto de Impacto
 – Dan Brown. Já tem resenha no blog. A escrita do Dan é frenética e tudo ocorre em um piscar de olhos. É um livro que me fez ficar sem folego e ler compulsivamente para conseguir saber o final.



2°. Livro Fantasma: É de consenso geral que os fantasmas existem nas histórias de terror para assustar e assombrar a todos. Comente sobre aquele livro que te assombrou durante muito tempo.


Momento confessionário... KKK... Não gosto de livro de terror, e para vocês terem um base, fiquei muito impressionada com livro O Cão dos Baskerville – Arthur Conan Doyle.


3°. Livro Lobisomem: Tal qual a licantropia que passa de mordida por mordida, cite um livro que você gostou tanto que indicou a várias pessoas.


E Não sobrou nenhum (é já faz um tempo que não falo dele). Simplesmente fantástico, um dos melhores livros da Agatha, e já tem resenha no blog.



4°. Livro Bruxa: Bruxas são famosas por jogarem feitiços e maldições nas pessoas. Portanto, conte-nos qual livro que te enfeitiçou, pode ser tanto de forma positiva quanto negativa.


DE FORMA POSITIVA definitivamente: Trilogia Mundo de Tinta. Já tem resenha no blog: SUPER RECOMENDO.



5°. Livro Frankenstein: Infelizmente, o Frankenstein é aquele personagem o qual as pessoas julgam pela sua aparência aterrorizadora. Em sua homenagem, comente aquele livro que a princípio você julgou mal pela capa, mas ao ler você acabou gostando da história.



Não sou de julgar um livro pela capa, mas um livro que a princípio imaginei que não fosse gostar é O Mundo de Sofia – Jostein Gaarden, que pretendo reler logo. Tive que ler ele na faculdade, para a disciplina de Filosofia. Quando o professor sugeriu (minto, obrigou) a leitura, por se tratar de livro sobre filosofia, logo imaginei “Lá vem livro chato!”, mas não, me enganei totalmente, e gostei muito da história. Consegui compreender muito bem os conceitos filosóficos apresentado pelo professor e o final é nada menos que surpreendente.



6°. Livro Zombie: O Zombie é aquele personagem clássico que não dorme. Qual foi o livro que te fez ficar acordada a noite toda sem conseguir parar de ler?


Nesse caso não foi um, e sim 4 – os quatro livros da série As Brumas de Avalon – Marion Zimmer Bladley, que comprei por indicação da Tatiane Feltrin. Quando estava próxima do fim dos livros dava uma estendida na leitura – por que estava LOUCA para saber o que ia acontecer. A série é simplesmente maravilhosa. Há alguns livros que antecedem a série que pretendo ler futuramente, e estão na minha lista.


7°. Livro Gato Preto: Essa é aquela lenda que você não sabe se acredita ou não e acaba ficando confuso. Sendo assim, fale daquele livro que te deixou confuso, sem saber muito bem como reagir a ele.


A Hora da Estrela
 – Clarice Lispector. O narrador conseguiu passar essa sensação de confusão de sentimentos (amor e ódio). Pois ele próprio escreve a obra na tentativa de se livrar desse sentimento, desse incômodo que a personagem provoca nele. E confesso que fiquei muito confusa quantos aos meus sentimentos por Macabéa.



8°. Livro Fogueira: A fogueira foi a causa das mortes injustas de muitas “bruxas”, assim como um símbolo presente em várias narrativas de horror. Conte sobre aquele livro que acendeu uma chama interior e te deixou pegando fogo de tanta raiva.


O Crime do Padre Amaro – Eça de Queiroz. Tive que ler ele no 2º Ano do Ensino Médio e estou relendo atualmente. Apesar da linguagem antiga consegui ler sem problemas. Fiquei com tanto ódio de um personagem, que realmente desejei um fogueira para ele – sem comentários, pois a minha vontade era de ser uma língua encantada para entrar no livro e socar a cara dele.



9°. Livro Cavaleiro Sem Cabeça: Diz a lenda que o Cavaleiro que assombrava Sleepy Hollow perdeu a cabeça durante a Guerra da Independência dos EUA. Porém aqui o que faz perder qualquer parte do corpo são os livros, por isso, conte-nos sobre aquele livro que te fez perder a cabeça, ou seja, a compostura.


O livro de peças teatrais de Martins Pena (O Noviço, Juiz de Paz na Roça e Quem Casa Quer Casa) – altas risadas. Se você lê em metrô, ônibus ou qualquer lugar público e não quer passar vergonha por está rindo que nem um idiota: não recomendo.


10°. Livro Cemitério: O cemitério é um cenário clássico do Halloween e das narrativas de terror, ele é considerado um lugar terrivelmente calmo e silencioso, reservado para o sepultamento dos mortos. Para caracterizar o cemitério, cite aquele livro que você enterrou na sua estante, não terminou de ler ou nem mesmo começou, seja por ter esquecido ou por ter desanimado com a história.



Geralmente sou muito persistente, mas Os Sertões – Euclides da Cunha conseguiu vencer minha persistência, e não tive alternativa senão abandona-lo. Narrativa jornalística é muito cansativa, acho extremamente repetitiva e monótona – para mim não flui.



Espero que tenham gostado. Peço que ajudem a divulgar o blog. Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

TAG - The TARDIS Book Tag

Olá viajantes, vi uma TAG no blog Confissões de um leitor e no blog Escritos e Estórias, o nome da TAG é “The TARDIS Book Tag”. Essa tag foi criada pela Sue Moro para o seu canal no Youtube, e foi traduzido pela Mariana, do canal Mariana Reads.

Para quem não sabe a TARDIS (Time And Relative Dimension In Space, ou Tempo e Dimensão Relativas no Espaço) ou máquina do tempo do Doctor Who, que tem a aparência de uma cabine policial dos anos 60.


 


Destino 1: Você viaja ao passado: qual livro de época ou que se passe em uma época passada você escolhe e por quê?


A Volta ao Mundo em 80 dias”; sou completamente apaixonada por esse livro – e afinal dar a volta ao mundo é uma experiência espetacular.

 


Destino 2: Você viaja para uma Época Medieval: qual livro de fantasia você irá visitar?


As Brumas de Avalon - Marion Zimmer Bladley, que comprei por indicação da Tatiane Feltrin. Quando estava próxima do fim dos livros dava uma estendida na leitura – por que estava LOUCA para saber o que ia acontecer. A série é simplesmente maravilhosa. Há alguns livros que antecedem a série que pretendo ler futuramente, e estão na minha lista.



Destino 3: Você leva a Tardis para o espaço: para qual universo de ficção científica você iria?


Mais um de Júlio Verne – “Viagem ao Centro da Terra”. Júlio Verne é considerado o precursor do gênero de ficção científica – predizendo com espantosa exatidão em seus livros o aparecimento de avanços científicos, tais como submarinos, máquinas voadoras e viagem à Lua. Seria fabuloso viajar por dentro do nosso mundo.




Destino 4: (criada pela Mariana) É hora de voltar para casa, a Tardis acaba escorregando para um universo paralelo: em qual mundo distópico (no futuro) você entra?


Essa pegou legal, vocês hão de concordar que uma distopia não é um ambiente lá muito agradável para visitar. Mas o lado Bióloga falando mais alto, escolho “Admirável Mundo Novo”, ainda não o li; mas amei a sinopse e o tema me chamou muito a atenção.




Destino 5 (acrescentada pela Mariana): Para qual universo paralelo você iria?


Mundo de Tinta – universo da trilogia de mesmo nome, criado pela Córnelia Funke. Simplesmente AMEI essa trilogia (Coração de Tinta, Sangue de Tinta e Morte de Tinta), tem algumas partes chatinhas – mas como um todo É FANTÁSTICA. No final de 2013 foi lançado um livro com 3 contos que se passam depois de Mundo de Tinta – Contos (Então há spoiler dos 3 livros).






Destino 6: A Tardis escorrega para outro universo alternativo cheio de crianças. Para qual livro infanto-juvenil você viaja e por quê?


HARRY POTTER – por que é Harry Potter, não tem nem o que dizer. E tenho certeza que MILHÕES de pessoas me fariam companhia de bom grado.

 

 Destino 7: A Tardis finalmente volta para o seu universo e você aterrissa na Terra no presente. Para qual livro contemporâneo você irá viajar?

Bom, escolho esse pelo local em que se desenrola e o tema (novamente o lado Bióloga falando mais alto) – Inferno – Dan Brown. Seria um sonho conhecer Florença, Veneza e a Turquia. E tema biotecnologia chama muito minha atenção.



Qual seriam suas escolhas? Deixem nos comentários.

Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

Citação - George R. R. Martin #1

"Um leitor vive mil vidas antes de morrer, o homem que nunca lê vive apenas uma..."




Mas pode ter certeza que o Martin irá conseguir um jeito de acabar com essas mil vidas... Esse serial Killer...

Namoro a cavalo - Alvares de Azevedo

Olá... Terça é dia de Poemas e Poesias, e hoje quero compartilhar com vocês um poema que gosto muito chamado Namoro a Cavalo, que se encontra no livro Lira dos Vinte Anos de Alvares de Azevedo:


Eu moro em Catumbi. Mas a desgraça
Que rege minha vida malfadada,
Pôs lá no fim da rua do Catete
A minha Dulcinéia namorada.

Alugo (três mil-réis) por uma tarde
Um cavalo de trote (que esparrela!)
Só para erguer meus olhos suspirando
À minha namorada na janela...

Todo o meu ordenado vai-se em flores
E em lindas folhas de papel bordado,
Onde eu escrevo trêmulo, amoroso,
Algum verso bonito... mas furtado...

Morro pela menina, junto dela
Nem ouso suspirar de acanhamento...
Se ela quisesse eu acabava a história
Como toda a Comédia- em casamento...

Ontem tinha chovido... Que desgraça!
Eu ia a trote inglês ardendo em chama,
Mas lá vai senão quando uma carroça
Minhas roupas tafues encheu de lama...

Eu não desanimei! Se Dom Quixote
No Rossinante erguendo a larga espada
Nunca voltou de medo, eu, mais valente,
Fui mesmo sujo ver a namorada...

Mas eis que no passar pelo sobrado,
Onde habita nas lojas minha bela,
Por ver-me tão lodoso ela irritada
Bateu-me sobre as ventas a janela...

O cavalo ignorante de namoros
Entre dentes, tomou a bofetada,
Arrepia-se, pula, e dá-me um tombo
Com pernas para o ar, sobre a calçada...

Dei ao diabo os namoros. Escovado
Meu chapéu que sofrera no pagode,
Dei de pernas corrido e cabisbaixo
E berrando de raiva como um bode.

Circunstância agravante. A calça inglesa
Rasgou-se no cair, de meio a meio,
O sangue pelas ventas me corria
Em paga do amoroso devaneio!...


Espero que tenham gostado. Peço que ajudem a divulgar o Blog. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Viajei com: O Cavalo e seu Menino (As Crônicas de Nárnia) - C. S. Lewis

Olá, segunda-feira de folga devido a eleição; e dando continuidade ao especial As Crônicas de Nárnia, a resenha de hoje será do livro O cavalo e seu menino, que é curtinho também, na edição volume único da Martins Fontes têm apenas 95 páginas. Esse não é o meu preferido, mas mesmo assim é um livro bem legal.
A história se passa durante a era de ouro de Nárnia, que foi os anos do reinado dos irmãos Penvesie (Pedro, Suzanna, Edmundo e Lúcia), os grandes reis e rainhas de Nárnia, então a história ocorre antes do final de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa (que termina com a volta dos irmãos ao nosso mundo).
Os grandes reis e rainhas são citados e aparecem rapidamente na história, mas não são os personagens principais, que são: Shasta, Bri, Aravis e Huin.
Shasta é um menino que foi criado por um pescador, Arriche, após ser encontrado ainda bebê em um barco na praia. O pescador muito legal, resolve vender o menino como escravo para um tarcaã (pessoa de alta linhagem). Shasta ao descobrir que seria vendido resolve fugir, então conhece Bri, que é o cavalo falante do tarcaã, que foi trazido de Nárnia. Na fuga eles encontram Aravis e Huin (também de Nárnia). Durante a fuga eles vivem muitas aventuras e passam muitos apuros até chegarem em Nárnia.
Nos momentos de apuros eles são ajudados por ninguém menos que Aslam. Algo que podemos perceber durante a leitura de As Crônicas de Nárnia é que Aslam sempre aparece quando as crianças necessitam de alguma orientação e para pontuar o certo e o errado. Mas ele não aparece com nenhuma fórmula mágica para os problemas que as crianças estão enfrentando, pois algo que os livros abordam é que nós devemos encarar os nossos próprios desafios com o que temos, sem esperar uma solução caída do alto. E que devemos assumir as consequências de nossas escolhas.
Como já foi dito no post sobre O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa o publico alvo dos livros é um público infantil, então a narrativa, a escrita e observações são voltadas para esse público. Um leitor mais adulto irá consegui extrair algumas discussões mais complexas, mais profundas, mas nas entrelinhas.

Fica a recomendação de O cavalo e seu menino. Espero que tenham gostado, peço que ajudem a divulgar o blog.
Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Minha Coleção de Livros - Parte 1



Hoje, vou compartilhar com vocês minha coleção de livros através de um bookselfie, pois pretendo fazer na última sexta-feira de cada mês um post sobre as aquisições do mês (seja livro, marcador...). Por que um bookselfie (foto) e não uma bookshelf (vídeo). Simplesmente: quem me conhece sabe que corro de fotos, quem dirá vídeo... Talvez, talvez eu faça um vídeo mais para frente, bem mais pra frente.
Nesse bookselfie vou falar um pouco de cada um, de forma rápida, pois pretendo fazer uma resenha dos livros que ainda não foram resenhados aqui no blog. E ela será dividida em 3 partes, para não ficar muito logo o post.
Essa é uma visão geral de como eles estão arrumados:

 

Vamos por parte:



Temos o Livro de Ouro da Mitologia (Thomas Bulfinch), ele trás um pouco de mitologia grega, romana, egípcia, nórdica. Ele faz um apanhado de forma geral, e como gosto do tema, achei que seria interessante ter esse livro, não me arrependi, mas a qualidade do material do livro é bem ruizinha (capa molenga, sem aba, folha branca).
Depois vem Os princípios elementares de Cristo, O amor de Deus revelado em Jesus, Seu único filho (I e II), todos do Paul C. Jong. Eles são enviados de forma gratuita através de cadastro no site do autor, mas depois que dei uma lida e uma comparada entre o que ele escreve com as citações da Bíblia feitas, não achei muito bom os fundamentos que ele utilizou, além dos argumentos serem um pouco distorcidos (MINHA OPINIÃO), por esse motivo não recomendo.
As Crônicas de Nárnia - Volume Único (C. S. Lewis), estou fazendo um especial As Crônicas de Nárnia aqui no blog, já saiu resenha dos dois primeiros livros.
Os dois livros fininhos são livros infantis que ganhei do Itaú, E o dente ainda doía (Ana Terra) e O mundo inteiro (L. G. Scanlon). Todos os anos o Itaú faz essa campanha Leia para uma criança, a desse ano ainda está aberta, é só entrar no site e se cadastrar para pedir os livros. Demora um pouco a chegar, mas chega.
Depois temos 2 livros da Agatha Christie, Assassinato na casa do pastor (ainda não li, mas logo lerei e farei resenha) e Convite para um homicídio (MUITO BOM). As minhas edições são da editora Record/Altaya. A Agatha escreveu mais de 90 livros, que são publicados por várias editoras, mas não a coleção completa, o que na minha opinião deixa a estante feia (sim sou fresca). Resolvi então pegar um personagem e montar a coleção dos livros onde ele aparece com livros da mesma editora. Decidi começar por Miss Marple nessa edição capa dura. Quando encerrar começarei a do Poirot.
Uma longa queda (Nick Hornby), gostei muito desse livro, ri muito, e já tem resenha no blog.
Minha Trilogia Jogos Vorazes (Suzanne Collins), recomendo muito esses livros. Assim que terminar o especial Nárnia irei fazer de Jogos Vorazes, aproveitar o gancho que saíra A Esperança Parte 1 agora em Novembro (Novembro chega logo meu filho).
Comer, Treinar, Dormir (Samira Layaun), ganhei esse livro no sorteio da página Mapa do Maroto em parceria com a autora. Super recomendo para quem gosta do assunto, e quer saber sobre como ter uma vida saudável sem palavras complicadas, de forma bem humorada e clara.
Amor de Capitu (Fernando Sabino) que recomendo para quem gostou de Dom Casmurro (Machado de Assis) e para quem NÃO gostou. A linguagem desse livro é mais simples e a narrativa é em terceira pessoa, então todas as paranoia de Bentinho ficam de fora, o que deixou claro para mim que Betinho não tinha motivo nenhum para ter ciúmes.
Temos Clara dos Anjos (Lima Barreto), que como falei na última TAG, ainda não li... Não sei quando lerei...
E por fim um livro do Martins Pena onde temos 3 peças de teatro dele: O Noviço, Juiz de Paz na Roça, Quem Casa Quer Casa. São peças escritas de forma muito engraçada, muito irônica e com muita crítica (social, política, ao sistema de leis, a igreja). É uma risada atrás da outra.
Por hoje é só, mas sexta-feira que vem tem mais. Esse mês ainda não farei um book haul, pois todos os livros que tenho estão na primeira foto (sim são poucos, pois só agora que estou trabalhando posso comprar meu livros), mas a partir de Novembro irei fazer. Espero que tenham gostado, e peço que ajudem a divulgar o blog.
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Viajei com: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa (As Crônicas de Nárnia) - C. S. Lewis

Olá, essa é a segunda parte do especial As Crônicas de Nárnia, e a resenha de hoje será sobre O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa.




Assim como O Sobrinho do Mago, esse livro é curtinho, na edição de volume único da Martins Fontes possui apenas 83 páginas. Ele foi o primeiro livro publicado sobre Nárnia, e conta a história dos irmãos Pevensie: Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia, que durante a Segunda Guerra Mundial precisam ir para casa de um professor que mora no campo, pois Londres está sendo bombardeada. Esse professor é ninguém menos que Digory Kirke, que conhecemos em O Sobrinho do Mago.
As crianças ficam animadas com possibilidade de explorarem a casa e os arredores. Durante a exploração da casa, eles encontram um guarda-roupa. Os irmãos mais velhos não deram muita atenção a ele, mas Lúcia fica muito curiosa, e resolve entrar no guarda-roupa e acaba indo parar em Nárnia. Ao retornar ela conta aos irmãos, que a princípio não acreditam nela, mas eles acabam indo para Nárnia também, ao tentarem se esconder no guarda-roupa.
Já em terras narnianas, descobrem que o local é controlado por Jadis, que mantem tudo congelado, em um eterno inverno. Com ajuda dos narnianos e de Aslam, eles lutam para tentar derrotar a feiticeira branca (como Jadis é conhecida).
Uma coisa que me chamou a atenção é a passagem do tempo em Nárnia, que é totalmente diferente da nossa: anos em Nárnia equivalem apenas alguns minutos no nosso mundo - o que permite que todas as aventuras vividas não despertem a suspeita de outras pessoas.
Lembre-se o público alvo desses livros é um público infantil, então todo o processo de escrita, descrição e narrativa é voltado para esse público. Isso impede que um público mais adulto vá gostar dessas histórias? Não. Embora eu creio que esse público vá gostar mais do filme, por ser mais dinâmico e visual. O livro foi adaptado para o cinema em 2005, com uma adaptação bem fiel ao livro, claro que apresenta algumas diferenças, mas nada de mais.
Então é isso, espero que tenham gostado. Fica a dica e recomendação do livro e do filme.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

TAG - 7 Pecados Capitais da leitura


Olá, hoje vou responder a TAG – Os 7 Pecados Capitais da Leitura, vi no blog: Tô Pensando em Ler. Não sei quem criou e quem traduziu.
As perguntas dessa TAG estão relacionadas aos 7 pecados capitais:



Perguntas

1. Ganância: qual é seu livro mais caro? E o menos caro?

- mais caro: vou citar dois livros – um é o Célula que é um livro técnico (que costumam ser MUITO caros), paguei 200,00 R$ em 2009. O outro é Harry Potter – Film Wizardry, paguei 70,00 R$, faz uns 2 meses.





- mais barato: foi Convite para um homicídio, livro incrível da Agatha Christie que comprei em maio na Estante Virtual por 7,00 R$.



2. Ira: com qual autor você tem uma relação de amor/ódio?
José de Alencar: gosto muito dos romances urbanos (Senhora, Cinco Minutos, Encarnação), mas não consigo encarar os romances indianistas (O Guarani, Iracema).



3. Gula: que livro você devorou sem vergonha alguma?
Creio que as pessoas não devam ter vergonha do que lê, então esse pecado eu não cometi.



Falando sério, um livro que li super rápido foi O Escaravelho do Diabo – Lúcia Machado de Almeida, foi o único livro que me fez andar na rua lendo, pois queria muito saber quem era o assassino e o motivo dos assassinatos. Ele tem uma linguagem simples e envolvente, recomendo.



4. Preguiça: qual livro você tem negligenciado devido à preguiça?
Clara dos Anjos, durante o ensino médio, minha professora de Português pediu para lermos vários livros ao longo do ano, e ele estava na lista, e como não consegui encontrar na biblioteca acabei comprando, mas ela cancelou a leitura dele, e ele até hoje está encostado (faz uns 8 anos).

5. Orgulho: que livro tem mais orgulho de ter lido?
Não seria um orgulho do estilo “Eu sou melhor que você”, é mais para “Como amo esse livro”, mas tenho MUITO, MUITO orgulho mesmo de ter lido (2 vezes) o cânone de Sherlock Holmes.




6. Luxúria: quais atributos você acha mais atraentes em personagens masculinos e femininos?
Inteligência e sagacidade.

7. Inveja: que livros você gostaria de receber de presente?
O cânone completo de Sherlock da Editora Zahar (sim, eu ainda não tenho), pois quando li era emprestado da biblioteca municipal ou da faculdade L
Fica a dica, Natal chegando... Caso alguém queira fazer uma caridade.



Essa foi a TAG de hoje, espero que tenham gostado. Curtam a página do Blog, e ajudem a compartilhar. Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.