quarta-feira, 29 de junho de 2016

TAG: Frases de mãe.

Olá... Hoje respondei uma TAG que vi no canal da Mell Ferraz e achei muito legal. O nome da TAG é Frases de Mãe, e as perguntas estão relacionadas a frase que praticamente TODAS as mães já disseram pelo menos uma vez na vida  (todos livros que tiverem resenha aqui no blog deixarei o link na imagem), então vamos as perguntas:

01. "Vou contar até três..." - um livro que você não via a hora de acabar.

Link para a resenha.

Com certeza o recorde ainda é dele. Li até andando na rua, louca para saber o final. Link.


02. "Se você falar isso de novo, te arrebento os dentes!" - um livro que você não suporta que falem mal.


Não sou dessas que se descabelam, brincam, terminam amizades quando alguém diz que não gostou de um livro que gosto muito, mas para não ficar sem resposta. Mundo de Tinta – Cornelia Funke, simplesmente amo essa trilogia. Link para os posts referente a cada um: Coração de Tinta, Sangue de Tinta, Morte de Tinta.


03. "Se você correr, vai ser pior!" - um livro que você corre dele, mas sabe que vai ter que ler um dia.

Nenhum, não trabalho com livros ou literatura, não estudo nada relacionado a livros ou leitura, já conclui a faculdade, então nada de vestibular... Então leio apenas o que quero.


04. "Vem comer, senão esfria!" - um livro que você leu logo que lançou.


Foi lançado em Novembro aqui no Brasil, e logo no final do mês eu comprei. Não costumo ler livros assim que são lançados, espero ele baixar de preço. Link para o post.


05. "Você não é todo mundo!" - um livro que todo mundo odeia, menos você.


Bem, vou explicar... Eu não soube escolher, então apelei para o Skoob, e fui ver o TOP 100 dos abandonados, e lá estava ele, com nada mais nada menos do que 12.232 abandonos, 1000 abandonos a mais do que o 2º colocado, A Cabana.

06. "Quantas vezes eu já te disse para não fazer isso?" - um personagem que mais te irritou e fez burrada.

  
Não consegui lembrar de nenhum... Até ver na minha estante Clara dos Anjos... Que menina tonta...


07. "Não! Quando digo não, é não!" - um livro que você não lerá, não importa o quanto as pessoas falem bem.


Bom, então, né... Fiquei sabendo de um spoiler do final e isso murchou toda minha vontade de ler... Mas não digo que não possa ler um dia, quem sabe, talvez... Se alguém me der a Trilogia eu leio (não vale emprestar), mas não é um livro que eu desejaria investir.


08. "Não mente para mim!" - um personagem mentiroso ou um personagem que te enganou direitinho.

 Always.


09. "Coração de mãe não se engana!" - um livro que te conquistou pela capa e a leitura foi ainda melhor.

Eu não costumo escolher livros pela capa, todos os livros que li e que comprei foram por que eu tinha visto o filme e gostado e quis ler o livro; recebi indicação de alguém, seja amigos, booktuber ou blogueiros ou por que a sinopse me interessou. A capa apenas me interessa quando vou comprar, pois escolho a edição que acho mais bonita disponível para aquele livro que quero.



10. "Tá chorando sem motivo por quê?" - um personagem chorão, que te fez raiva.

Eu não digo chorão, mas mimizento... CormoranStrike... Mimizento, machista... Mas um ótimo detetive...


11. "Come só mais um pouquinho!" - um livro que te fez dizer: Vou ler só mais um pouquinho.
Minha última leitura. Foi bem complicada nesse termo: lia um pouco, precisava de um tempo para digeri-lo, mas queria ler mais... OMG... livro incrível.


12. "Quantas vezes vou ter que repetir?" - um livro que você teve ou terá que reler para entender melhor.


Sem dúvidas. Já fiz um post sobre ele e lá eu digo exatamente isso.


13. "Não fez mais que sua obrigação!" - um livro que você leu por obrigação.


Já falei dele aqui no blog – AMEI.


14. "Coração de mãe sempre cabe mais um!" - os próximos três livros que você está louco para comprar.





15. "Isso! Quebra mesmo! Não foi você quem pagou!" - um livro que você emprestou e voltou irreconhecível.

Graças a Deus nunca passei por isso, pois empresto para poucas pessoas, e se algum dia vier a acontecer isso serei franca a dizer:


Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Viajei com: Eu sou Malala - Malala Yousafzai - PLM #9

  
Tudo bem com vocês??? No post de hoje o livro Eu Sou Malala da Malala Yousafzai com a jornalista Christina Lamb.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.

Sinopse: Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou por seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012 ela quase por isso com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus enquanto voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria.
A recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para os salões das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e em 2014 tornou-se a mais jovem vencedora da história do Prêmio Nobel da Paz.


O livro retrata a trajetória da luta de Malala e suas amigas para terem direito a uma educação, e também nos apresenta a vida sob um islamismo extremista manipulado pelo Talibã como forma de controle e opressão, principalmente sobre as mulheres.
Não só a escola foi negada as mulheres, o sair de casa também, as mulheres só poderiam sair de casa acompanhada por um parente próximo: pai, irmão, marido, filho. Até o uso de vacina era proibido, além da música, dança – e eram distorcidos versos do Alcorão para justificar essas proibições.
Gostei muito de conhecer melhor os costumes do Paquistão e do Vale do Swat, bem como conhecer mais da história desse país, desde sua independência até a tomada pelo Talibã. Não é questão da religião islâmica em sim, mas o extremismo religioso imposto por esse grupo.
Algumas pessoas podem achar um pouco parado o começo do livro, pois Malala faz um apanhado da origem de seu país, da infância dos seus pais, o que nos dá um panorama de como a situação do país chegou onde chegou, o que achei FANTÁSTICO.
Considero Malala uma pessoa incrível e corajosa. Admiro muito a garota e as dificuldades pelas quais teve que passar, além de sua honestidade. E podemos perceber como o apoio familiar foi importantíssimo para enfrentar tudo isso, pois o pai dela é muito mente aberta, e sempre lutou ao seu lado, ou ela do lado dele, por sua liberdade.
A capa e a diagramação são simples. No final do livro há um pequeno glossário, pois a narrativa trás alguns termos em árabe e urdu. No meio do livro há algumas fotos infância, da família e da Malala no hospital.





Fica recomendada a leitura. Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Citação - Coração de Tinta (Cornelia Funke) #2

Olá, hoje quero compartilhar uma citação do primeiro livro da minha trilogia favorita, Coração de Tinta (tem post comentando cada livro separadamente). Quem não leu – fica super, mega (etc...) RECOMENDADO.



Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

TAG: Confissões de uma Bibliófila

Olá, hoje irei responder a TAG: Confissões de uma Bibliófila, que vi no Canal da Tati Feltrin, da Juliana Gervason e da Patrícia Pirota. Vamos às perguntas:

1. Qual é o gênero de literatura que você se mantém longe?

Pornô e erótico...


2. Qual é o livro que você tem na estante e tem vergonha de não ter lido?

Nenhum. Os livros parados há mais tempo são os livros que comprei na Black Friday (estão parados a 3 meses). Sou muito ponderada nesse quesito.


3. Qual é o seu pior hábito enquanto leitor(a)?

Creio que seja ler menos do que deveria.


4. Você costuma ler a sinopse antes de ler o livro? (Esta pergunta nós inventamos; a original tratava de livros enviados antes da publicação e nós não recebemos livros assim; por isso mudamos a pergunta).

Sim. Procuro resenhas, e às vezes até spoiler.


5. Qual é o livro mais caro da sua estante?



6. Você compra livros usados/em sebo?

Sim. Estou montando minha coleção da Agatha, onde Miss Marple é a detetive principal, comprando em sebos.


7. Qual é a sua livraria (física) preferida?

Na minha cidade não há livrarias físicas.


8. Qual é a sua livraria online preferida?

Gosto muito da Submarino. Mas compro onde acho o livro mais em conta.


9. Você tem um orçamento (mensal) para comprar livros?

Não. Mas não costumo gastar mais que 150 R$...


10. Quem você "tagueia"?

Quem sentir vontade de responder.


Espero que tenham gostado.
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Viajei com: O Mágico de Oz - L. Frank Baun



O post de hoje será para falar sobre O Mágico de OZ, de L. Frank Baun. Sim, finalmente eu li O Mágico de OZ, e finalmente consegui fazer um post sobre o livro. A obra foi publicada pela primeira vez em 1900 com o titulo de The Wonderful Wizard of Oz, sendo o primeiro de uma série de vários livros que relata as aventuras de Dorothy, do Kansas, na fantástica Terra de Oz. O autor já havia publicado outras obras, mas até hoje é mais conhecido através de OZ.


Nesse primeiro livro, Dorothy morava no Kansas com os tios, Henry e Em, e seu cãozinho Totó. O lugar era extremamente monótono e pacato. Mas logo no começo da historia, Dorothy é levada, junto com Totó e a casa onde mora, para a Terra de OZ por um ciclone. Quando eles chegam à fantástica Terra de Oz, a casa cai em cima da bruxa má do Leste, matando-a, o que liberta os Munchkins da escravidão que eram submetidos pela bruxa, os que os deixam muito agradecidos a Dorothy, e a presenteiam com o sapato de prata da bruxa, mas a única coisa que ela deseja é voltar para casa.
Os Munchkins orientam Dorothy a procurar o incrível Oz, o mágico que vive na Cidade das Esmeraldas, e para isso ela deve seguir uma estrada de tijolos amarelos. Ao longo do caminho a garota faz três grandes amigos:

- o Espantalho, que incapaz de espantar os corvos do milharal, resolve acompanhar Dorotyh e pedir um cérebro para sua cabeça recheada de palha.

- o Lenhador de lata, que decidi ir pedir um coração.

- e por último, o Leão covarde, que almeja ser corajoso, como deve ser o rei da selva.

Junto, eles vão pedir ajuda ao grande Oz. Ao chegar a Cidade das Esmeraldas eles são recebidos por Oz, um a um, que lhe dá a incumbência de matar a bruxa má do Oeste, livrando a Terra de Oz das bruxas más, e só assim eles teriam o seu pedido atendido. Embora seja um livro antigo, não quero dar spoiler, pois a grande graça desse livro é acompanhar o desenrolar da história e as suas reviravoltas.
Eu gostei muito da história, da mensagem, pois esta não é uma simples história infantil... há muito simbolismo relacionado a situação americana no período por guerra civil, ao populismo, manipulação das massas, que não cabe comentar aqui, pois apenas lendo para conseguir fazer essa ligação. Caso queira mais detalhes sobre a história e suas sequências, com direito a spoiler: clique aqui.
Espero que tenham gostado, peço que ajudem a divulgar o blog. 
Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Citação - Em Chamas (Suzanne Collins) #3



"Respiro o cheiro do couro umedecido pela neve, de fumaça e de maçãs, o cheiro de todos aqueles dias de inverno que compartilhamos antes dos Jogos. Não tento me mover. Por que eu deveria, afinal? Sua voz sai em um sussurro. — Eu te amo.
Esse é o motivo.
Eu nunca vejo essas coisas chegando. Elas acontecem rápido demais. Num segundo você está propondo um plano de fuga e no outro... você é obrigada a lidar com uma coisa com essa. Dou o que deve ser a pior resposta possível.

— Eu sei.

Soa péssimo. É como se estivesse supondo que ele não conseguiria deixar de me amar, mas ao mesmo eu não sentisse nada por ele. Gale começa a se afastar.

— Eu sei! E você... você sabe o que representa para mim. Não é o suficiente. Ele se solta de mim." 

_______________________________________________________________________


O MAIOR PÉ NA BUNDA LITERÁRIO EVER.



quarta-feira, 15 de junho de 2016

TAG: Os Títulos

Olá, tudo bem com vocês???
Hoje vou responder a TAG: Os títulos, que vi no canal Papo de Estante da Bruna. A TAG é super rápida, e irei escolher dentre os livros que eu tenho. Então vamos começar?

1. O título mais longo de um livro que você já viu.


Meu livro preferido, da minha série preferida. Contei os números de caracteres, são 33 ao todo. Já tem post aqui no blog sobre ele: LINK.


2. O título mais curto de um livro que você já viu.


Ainda não li, mas lerei em breve, pois esta no meu desafio literário desse ano. Ganhei ele da linda da Camila. LINK para o post.


3. Um título que não tem absolutamente nada a ver com o livro.


Terminei de ler recentemente e não vi ligação nenhuma, talvez eu não tenha entendido a referencia. Já tem post aqui no blog sobre ele: LINK.


4. Um título que descreve o livro perfeitamente.



Já me perguntaram, mas anjos e demônios não são a mesma coisa, já que os demônios são anjos caídos??? Então o título já te dá um baita SPOILER sem que você perceba... Já tem post aqui no blog sobre ele: LINK.


5. O título mais chato.



Eu não digo mais chato e sim mais piegas, mais clichê. Você vê esse título e já imagina uma história clichê e melodramática. Mas não se engane o livro é incrível. Já tem post aqui no blog sobre ele: Link.


6. Misture todos os títulos que você escolheu e faça o seu próprio título.

Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban, por favor, cuide(m) da mamãe da maldição do espelho dos Anjos e Demônios Trash


Uau que título. Espero que vocês tenham gostado.
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Viajei com: Os Treze Problemas - Agatha Christie - PAC #5


No post de hoje quero compartilhar com você minha leitura do livro Os treze problemas da Agatha DIVA Christie. Devo confessar que depois de Cem Gramas de Centeio, estava com o pé atrás com essa leitura, mas acabei gostando e MUITO do livro.



Ele foi o livro desafio do mês de Janeiro, do “DESAFIO DE LEITURA DE 2016” e também para o “DESAFIO DE LEITURA (2016) – READING CHALLENGE” representando as categorias:

* Um livro com número no título.
* Um livro de Suspense Policial.
* Um livro escrito por alguém com mais de 40 anos.

O livro foi publicado originalmente em 1932, com o título The Thirteen Problems, sendo o segundo livro publicado tendo como personagem principal à simpática e perspicaz Miss Marple, que é uma grande estudiosa da natureza humana, que segundo ela é algo fácil de fazer quando se mora em uma vila pacata como Saint Mary Mead.
A história começa com uma pequena reunião em casa de Miss Marple, onde se encontram: seu sobrinho e sua futura esposa, Sir Henry, que foi investigador da Scotland Yard, um procurador e um sacerdote. Em meio a conversa surge o tem “mistérios sem solução”. Como forma de passatempo cada um dos presentes deveria contar um caso envolvendo crime e mistério, para os demais chegarem à resolução com base nos fatos narrados, surgindo assim o Clube das Terças-feiras. Como o título sugere, são ao todos 13 casos sem relação um com o outro, por isso esse é considerado um livro de contos, composto por 13 capítulos, cada um com um mistério:

* O Clube das Terças-Feiras
* A Casa do Ídolo de Astartéia
* As Barras de Ouro
* A Calçada Tinta de Sangue
* O Móvel do Crime
* A Marca do Polegar de São Pedro
* O Gerânio Azul
* A Dama de Companhia
* Os Quatro Suspeitos
* Tragédia de Natal
* A Erva da Morte
* O Caso do Bangalô
* Morte por Afogamento

Apesar de serem contos curtos são bem trabalhados e intrigantes, de forma que ficamos tentados a encontrar a solução, como se fosse um dos integrantes do clube, mas devo confessar que não fui muito bem nessa parte... Sendo assim, Miss Marple levou a melhor sobre todos nós... O que é muito engraçado, tendo em vista o pouco caso que os participantes fizeram dela no começo, por ser uma senhora idosa, que sempre viveu numa simples vila inglesa.
E como sempre acontece em suas histórias, há sempre um paralelo a ser traçado com algum fato ocorrido em seu vilarejo. Em resumo é um livro divertido, intrigante e bem escrito.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Edição Ilustrada de Harry Potter e a Pedra Filosofal


Tudo bem com vocês???? No post de hoje vou mostrar os detalhes e comentar um pouco sobre a edição ilustrada de Harry Potter e a Pedra Filosofal. É muito amor, está MUITO, MUITO linda.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.



A arte da jacket está LINDÍSSIMA, com papel com toque aveludado.

 


A capa do livro é vermelha e apresenta alguns detalhes.




As folhas de guarda possuem ilustrações do castelo de Hogwarts.





Tem sumário... EBA...



Todo começo de capitulo há uma ilustração.


Há ilustrações que cobrem apenas uma das páginas, ou parte dela.


Há ilustrações que cobrem as duas páginas.




E há ilustrações que permeiam o texto.



Em suma, é um livro BELÍSSIMO, e estou ansiosíssima pelas próximas edições. No canal da editora Rocco foi publicado um vídeo sobre o ilustrador do livro, o Jim Kay, que ficou muito legal. LINK. 
Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima. PS: se alguém conseguir o marcador, ou qualquer mimo relacionado ao livro e quiser me enviar VOU FICAR IMENSAMENTE FELIZ.