sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Ciência Proibida - Salvador Nogueira - Parte 6


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei comentar sobre o sexto capítulo do livro Ciência Proibida de Salvador Nogueira.
Caso queiram conferir os post anteriores:

Post 1                                    Post 2
Post 3                                    Post 4

Nesse capítulo o autor aborda diversas pesquisas psicológicas e neurológicas com seres humanos. Entre elas pesquisas de condicionamento com crianças, o que me lembrou MUITO o livro Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley.
Comenta também sobre o uso indiscriminado de lobotomia para tratamento de doenças como depressão e esquizofrenia e uso de terapia de choque. Doenças ligadas a mente ainda carregam muitos estigmas, o que dificulta a aceitação a procura por tratamento.
Na sequência ele comenta sobre o uso de jogos psicológicos, que são mais assombradores em seus resultados do que na sua execução.




Então é isso, espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

TBR de Janeiro


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei mostrar minha TBR de leitura para o mês de Janeiro.



Pretendo concluir a trilogia “Crônicas de Amor e Ódio” que estava na minha TBR de Dezembro, mas não consegui concluir.





Como meu desafio de Janeiro para o grupo Devoradores de Livros.




E pretendo fazer essa releitura incrível.




Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Dan Brown - Minha ordem de preferência


Tudo bem com vocês??? Após concluir a leitura de Origem, resolvi fazer uma lista da ordem de preferencia dos livros do Dan Brown. Ao todo o autor publicou 7 livros, uns muito bons, outro nem tanto. No post de hoje irei tentar fazer uma lista da minha ordem de preferência, mas fique claro que gostei de todos eles, só que de uns mais que de outros, talvez seja os temas abordados nos livros que influenciaram na minha escolha. A lista está do que menos gostei para o que eu mais gostei:




























Essa seria minha ordem de preferência dos livros do Dan, gosto muito dos livros dele, e todos eles já tem post aqui no blog, caso queira saber mais é ir lá e conferir minha opinião sobre cada um.

Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Ciência Proibida - Salvador Nogueira - Parte 5


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei comentar sobre o 5º capítulo do livro Ciência Proibida de Salvador Nogueira.
Caso queira conferir os post anteriores:

Post 1                            Post 2
Post 3                           Post 4

Nesse capítulo o autor aborda o uso de cobaias animais em experimentos muitas vezes cruéis e desnecessários, como o uso em teste de cosméticos, testes psicológicos e viagem espacial – várias sessões de tortura.
Hoje existem diversas leis de proteção aos animais, várias empresas que buscaram alternativas para o uso de testes em animais. Mas infelizmente temos muito desrespeito ao que muito consideram como espécies inferiores aos seres humanos.
Temos muito que melhorar no nosso relacionamento com os outros seres vivos existente no planeta, inclusive essa que vos fala, pois sou uma consumidora assídua de carne, não vou ser hipócrita e dizer que por conta da proteína, já que existem outras fontes de proteínas, mas por que sinto vontade de comer. Estou tentando diminuir a quantidade.

Então é isso, espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

TAG: 50% - Parte 2


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei responder a Tag 50%, referente à segunda metade do ano. Então vamos começar.


1. O melhor livro que você leu nesse segundo semestre.

Confira o post AQUI.


2. A melhor continuação que você leu nesse segundo semestre.
 
Confira o post AQUI.
  
3. Algum lançamento do segundo semestre que você ainda não leu, mas quer muito.
 
Confira o post de Coração de Aço.
  
4. O livro mais aguardado do próximo semestre.

 

5. O livro que mais te decepcionou nesse segundo semestre.
 
Confira o post AQUI.


6. O livro que mais te surpreendeu nesse segundo semestre.
 
Confira o post AQUI.

 
7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).
 
Confira o post AQUI.
  
8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.
 
Ian - suas definições de crush foram atualizadas.


9. Seu personagem favorito mais recente.
 
Albert Mondego.

 
 
10. Um livro que te fez chorar nesse semestre.

 NENHUM


11. Um livro que te deixou feliz nesse semestre.
 
Confira o post AQUI.

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu nesse segundo semestre.
 
Confira o post AQUI.


13. Sua resenha favorita desse semestre (escrita ou em vídeo).



14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou nesse segundo semestre.





15. Quais livros você queria ou deveria muito ler até o final do ano?



segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Viajei com: Anna e o homem das andorinhas - Gavriel Savit


Tudo bem com vocês???? No post de hoje irei comentar sobre o livro Anna e o homem das andorinhas de Gavriel Savit.




Anna morava em Cracóvia com o pai, um professor de idiomas, não temos muitas informações sobre a mãe de Anna. Certo dia seu pai a deixa com um farmacêutico, para ir a uma reunião na faculdade, mas nunca mais retorna e Anna, com apenas 7 anos se vê sozinha, até que um misterioso homem que controla pássaros a encontra, e ela passa a acompanha-lo. Nessa jornada Anna aprende muito sobre o mundo e a sobrevivência. Gostei do livro, narrativa envolvente e linguagem poética, aborda de forma tocante um dos momentos mais tenebrosos da humanidade, a 2º Guerra Mundial, tema que me chama muito a atenção. Muitas questões não são respondidas, mas muitas reflexões são despertadas. Fica recomendada a leitura. Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Ciência Proibida - Salvador Nogueira - Parte 4


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei comentar sobre a quarta parte do livro Ciência Proibida de Salvador Nogueira.



Se eu já não gostava de remédios, depois de ler essa parte do livro, fiquei com pavor... O autor relata desde manipulações de dados para sugerir que um determinado medicamento funciona melhor que outro, quando na verdade é a mesma coisa, ou para encobri efeitos colaterais.
O autor também aborda também os chamados autores fantasmas, onde empresas farmacêuticas financiam estudos e produzem artigos, que são assinados por médicos, que supostamente não possuem interesses na produção do novo medicamento.

E no último capítulo o autor aborda supostas doenças, bem ao estilo inventa-se o produto, forma-se o estoque, então cria-se a demanda.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Leituras de Novembro


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei mostrar minhas leituras do mês de Novembro.



Gostei? Gostei. Amei? Não. Ainda prefiro Inferno e Ponto de Impacto. Já tem post aqui no blog.

SINOPSERobert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete “mudar para sempre o papel da ciência”.
O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento… algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.




O livro foi adaptado do Diário de Anne Frank, utilizando uma linguagem mais acessível aos jovens leitores, além disso o livro possui várias ilustrações, inclusive um mapa em 3D da empresa e do esconderijo, que ajuda a compreender a dinâmica do Anexo.



No livro temos a história de Zezé, um menino de cinco anos, de uma família numerosa, que está passando por uma situação financeira difícil. Por conta disso, eles vivem se mudando, quando o aluguel começa a se acumular.



Persépolis é um romance autobiográfico em quadrinhos de Marjane Satrapi, e retrata desde sua infância até sua vida adulta. Os traços dessa graphic novel são em preto e branco e simples, que combinou muito com o estado de espirito da personagem.


Espero conseguir Então é isso, espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Viajei com: O garoto dos olhos azuis - Raiza Varella


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei conversar um pouco sobre o livro O garoto dos olhos azuis da Raiza Varella, que é o primeiro volume da trilogia Encantado. Durante uma compra na Amazon eu ganhei o direito de escolher um ebook como brinde, e acabei escolhendo esse livro.
 
PhotoFunia montagem

Bárbara é linda, e uma advogada bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva e encontrar seu noivo a olhando apaixonadamente. Numa de suas férias na casa da avó, Bárbara decide ir a uma festa na praia, onde tem uma discussão com uma das garotas da festa e é socorro por um lindo garoto de olhos azuis, mas tudo foi muito rápido que ela nem consegue descobrir o nome dele. A lembrança desse garoto a acompanha por vários anos, como uma paixão platônica. Bárbara se muda para São Paulo onde trabalha e divide apartamento com duas melhores amigas e está preste se casar com Miguel.
Quando o tão sonhado dia do casamento chega, Bárbara não se depara com um noivo de olhar apaixonado, mas um que curiosamente olha com frequência para uma de suas melhores amigas, então o pior acontece, ela é abandonada no altar. Tentando fugir da situação ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. E muitas coisas acontecem enquanto Bárbara tenta superar a lembrança do garoto dos olhos azuis e o quase casamento fracassado.
AMEI a escrita da Raiza, é envolvente, li super rápido, além de ser muito divertida e com diversos momentos de vergonha alheia, pois gente como a Bárbara sabe ser dramática...  E o Ian que amorzinho, e ao final da leitura quase puder escutar a voz do Avast dizendo:




Não achei o desenrolar surpreendente ou original, mas é uma leitura muito gostosa, fluida e divertida. Quero muito ler os próximos, que vão trazer a história dos irmãos da Bárbara. Então é isso, espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Ciência Proibida - Salvador Nogueira - Parte 3


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei comentar sobre a 3º parte do livro Ciência Proibida. Caso queira conferir os post anteriores é só clicar nos links: Post 1, Post 2.


Nessa parte o autor aborda o uso de humanos em experimentos perigosos e desnecessários. É claro que o julgamento de Nuremberg, onde os nazistas foram julgados por crimes de guerra e contra a humanidade, é a fonte de várias normas relacionadas a ética na pesquisa, em especial quando envolveram seres humanos, incluindo o termo de esclarecimento da pesquisa, do seu funcionamento e riscos envolvidos.


1. O consentimento voluntário do ser humano é absolutamente essencial. Isso significa que a pessoa envolvida deve ser legalmente capacitada para dar o seu consentimento; tal pessoa deve exercer o seu direito livre de escolha, sem intervenção de qualquer desses elementos: força, fraude, mentira, coação, astúcia ou outra forma de restrição ou coerção posterior; e deve ter conhecimento e compreensão suficientes do assunto em questão para tomar sua decisão. Esse último aspecto requer que sejam explicadas à pessoa a natureza, duração e propósito do experimento; os métodos que o conduzirão; as inconveniências e riscos esperados; os eventuais efeitos que o experimento possa ter sobre a saúde do participante. O dever e a responsabilidade de garantir a qualidade do consentimento recaem sobre o pesquisador que inicia, dirige ou gerencia o experimento. São deveres e responsabilidades que não podem ser delegados a outrem impunemente.

2. O experimento deve ser tal que produza resultados vantajosos para a sociedade, os quais não possam ser buscados por outros métodos de estudo, e não devem ser feitos casuística e desnecessariamente.

3. O experimento deve ser baseado em resultados de experimentação animal e no conhecimento da evolução da doença ou outros problemas em estudo, e os resultados conhecidos previamente devem justificar a experimentação.

4. O experimento deve ser conduzido de maneira a evitar todo o sofrimento e danos desnecessários, físicos ou mentais.

5. Nenhum experimento deve ser conduzido quando existirem razões para acreditar numa possível morte ou invalidez permanente; exceto, talvez, no caso de o próprio médico pesquisador se submeter ao experimento.

6. O grau de risco aceitável deve ser limitado pela importância humanitária do problema que o pesquisador se propõe resolver.

7. Devem ser tomados cuidados especiais para proteger o participante do experimento de qualquer possibilidade, mesmo remota, de dano, invalidez ou morte.

8. O experimento deve ser conduzido apenas por pessoas cientificamente qualificadas. Deve ser exigido o maior grau possível de cuidado e habilidade, em todos os estágios, daqueles que conduzem e gerenciam o experimento.

9. Durante o curso do experimento, o participante deve ter plena liberdade de se retirar, caso ele sinta que há possibilidade de algum dano com a sua continuidade.

10. Durante o curso do experimento, o pesquisador deve estar preparado para suspender os procedimentos em qualquer estágio, se ele tiver razoáveis motivos para acreditar que a continuação do experimento causará provável dano, invalidez ou morte para o participante.

Quando falamos em atrocidades e pesquisas macabras, logo nos lembramos dos nazistas, de Mengele, o Anjo da Morte. Mas os nazistas não foram os únicos a realizarem experimentos cruéis. Muitos aliados realizaram experiências bem horripilantes, sem que os voluntários soubessem o que aconteceria.
O autor nos trás um relato dos experimentos que foram realizados por Mengele, que após o fim da guerra fugiu para a Argentina e depois o Brasil, nunca sendo julgado.



O autor trás também os terríveis experimentos que os japoneses realizaram com os chineses, como o uso de gases tóxicos, armas biológicos, como antraz.
Com a ameaça constante de um ataque nuclear, ficava a dúvida sobre o quanto de radiação um ser humano suporta. Pacientes com câncer e crianças com déficit de aprendizagem, foram submetido a diversas quantidades e a vários tipos de materiais radioativos, claro que com o total desconhecimento dos participantes quanto as substâncias que estavam recebendo, bem como os possíveis efeitos desses materiais sobre eles.
Durante a Guerra Fria o clima tenso e a crescente paranoia com relação a espionagem, sendo investidos muitos recursos no setor de espionagens e contraespionagem. Parte desses recursos foram investidos num projeto de pesquisa sobre o controle da mente, que envolvia o uso de LSD e mescalina, e claro que as cobaias utilizadas eram      pacientes do Instituto Psiquiátrico do Hospital Bellevue.
Além desses experimentos, foi relatado o inconcebível teste sobre o efeito e evolução da sífilis no corpo humano, e as cobaias selecionadas eram membros de uma comunidade de negros em Tuskegee, no Alabama. O experimento, que deveria ser conduzido por apenas 6 meses, após os quais os envolvidos deveriam ser tratados, mas o experimento durou 40 anos, sem nenhuma assistência médica.
É assustador saber que muitos desses “cientistas” saíram como “inocentes” ou com penas brandas após compartilharem seus resultados com as nações que conduziram o seu interrogatório e julgamento.
Muitos desses experimentos só vieram a publico por que seus registros sobreviveram por acidente, e o presidente Bill Clinton ordenou uma investigação dentro da CIA com a abertura dos arquivos.
Esses experimentos são só a ponta do iceberg, já que os arquivos japoneses teve uma boa parte de seus documentos foram destruídos, bem como os arquivos da União Sovietica nunca foram abertos e sabe-se lá que tipos de testes foram realizados. Como já disse Sara Sidle, em CSI Investigação Criminal:




Então é isso, espero que tenham gostado, beijos e até a próxima.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Correio Coruja de Novembro


No post de hoje irei mostrar os recebidos de Novembro. Continuo na minha meta de diminuir o número de livros não lidos da minha estante. Então esse mês comprei apenas dois livros, ambos para as leituras em conjunto com as turmas do 6º Ano e do 7º ano.




Essa é uma adaptação do Diário de Anne Frank, com uma linguagem mais simples, além disso o livro possui várias ilustrações, inclusive um mapa em 3D da empresa e do esconderijo, que ajuda a compreender a dinâmica do Anexo.




No livro temos a emocionante história de Zezé, um menino de cinco anos, de uma família numerosa, que está passando por uma situação financeira difícil.


E vocês, o que compraram esse mês??? Espero que vocês tenham gostado, beijos e até a próxima.