segunda-feira, 30 de maio de 2016

Viajei com: Marley & Eu - John Grogan

Olá... Olá... Olá... Tudo bem com vocês??? Neste post irei comentar com vocês sobre a leitura do lindo Marley e Eu escrito pelo escritor e jornalista norte-americano John Grogan.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.


O livro é baseado na vida do escritor, e com uma narrativa em primeira pessoa, John nos conta de forma bem humorada como foi viver com o labrador Marley, o pior cão do mundo, durante 13 anos, MAS não se engane: o final é triste e tocante. A escrita de John é fluida e de fácil compreensão, e o livro possui uma narrativa bem ao estilo de crônica de jornal.
Não há muito que contar sobre o enredo do livro, pois as cenas narradas são cenas do cotidiano de um casal ao longo de 13 anos, abordando mudança de casa, de emprego, criação dos filhos, amadurecimento, tendo como foco na presença de um cão amoroso, mas bem estabanado.
O livro foi adaptado para o cinema em 2008, e ficou INCRÍVEL. Tem a continuação do filme, Marley e Eu 2: um filhote encrenqueiro, que eu ainda não assisti, mas pretendo.

Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Citação - A Esperança (Suzanne Collins) #3


"– O presidente Snow diz que está nos enviando uma mensagem? Bom, tenho uma para ele. Você pode nos torturar e nos bombardear e queimar nossos distritos até que eles virem cinzas, mas está vendo isto aqui? – Uma das câmeras segue o local que eu aponto com a mão: as aeronaves queimando no telhado do armazém em frente a nós. A insígnia da Capital em uma das asas brilha visivelmente em meio às chamas. – Está pegando fogo. – Estou gritando agora, disposta a ter certeza de que ele não perderá nenhuma palavra. – Se nós queimarmos, você queimará conosco!"

________________________________________________________

quarta-feira, 25 de maio de 2016

TAG - Liebster Award


Semana passada, fui indicada pelo Gabriel Lucas do Blog “Frases, Trechos e Pensamentos” e pela Bianca Santoro do Blog Bianca Santoro, para responder a Tag: Liebster Award, que tem como objetivo ajudar na divulgação de blogs com menos de 200 seguidores. Pois bem vamos ao que nos interessa. As regras da TAG são as seguintes:

* Colocar uma imagem que mostre o selo do Liebster
* Escrever 11 fatos sobre você.
* Responder as perguntas de quem te indicou (neste caso irei responder 22 perguntas, mas algumas são repetidas).
* Indicar 11 Blogs com menos de 200 seguidores.
* Fazer 11 perguntas pra quem você indicar.
* Linkar de volta quem te indicou.

Vamos começar:




11 FATOS SOBRE MIM

1. Amo assistir séries e filmes: muitas séries que gosto foram encerradas, canceladas... pouquíssimas estão no ar.
2. Sou uma pessoa calma, na minha...
3. Sou apaixonada por sorvete e chocolate...
4. Não gosto de festa... Não gosto de barulho...
5. Detesto serviço de casa.
6. Amo ler... Oh que novidade.
7. Quero ter uma suindara.
8. Quero conhecer Machu Picchu.
9. Sou estudiosa.
10. Sou baixinha, tenho cara de criança e não gosto disso.
11. Sou professora de Ciências.


Agora irei responder as perguntas dos blogueiros que me indicaram:

As perguntas do Gabriel Lucas

1. O que lhe motivou a criar o blog/canal?
Em setembro de 2014 decidi criar um blog como forma de compartilhar meu amor pela leitura e pelo universo literário, pois apesar de não ser professora de Português gosto de indicar livros para os meus alunos e de incentivar a leitura. Quantas vezes propomos aquele exercício simples que exige apenas reflexão e interpretação e a grande maioria dos alunos não consegue responder, mas quando perguntamos de forma direta e crua eles conseguem??? A resposta: Muitas. Pois é, FALTA DE LEITURA. Por não ter um hábito de ler, o aluno não desenvolve a interpretação - habilidade essencial em qualquer, QUALQUER disciplina.

2. Qual a opinião de sua família e amigos em relação a sua posição na web?
Eles sabem, mas nunca falaram nada.

3. Fale 5 metas para 2015.
Bom, em relação ao blog, tenho alguns projetos em andamento: O Desafio Literário de2015; Projeto 52 x 5; Lendo o Mundo; PAC. Quero consegui dar sequências nesses projetos (caso queira saber mais sobre eles é só clicar no nome do projeto, pois terão um link para a explicação do projeto). Quero tentar parcerias com editoras. Para completar, como projeto pessoal, quero concluir minha especialização esse ano e tentar passar em outro concurso.

4. Qual seu filme e livro favorito?
Difícil pacas essa: filme A Bela e a Fera (amo), livro E Não Sobrou Nenhum (Agatha Christie).

5. Qual foi a pior adaptação que você já viu de um livro para filme?
Tenho muita bronca com as adaptações dos livros do Dan Brown.

6. Que tipo de música você não curte?
Funk, detesto, se a pessoal quer ouvi que escute, mas PELO AMOR DE DEUS, use fone de ouvido.

7. Qual sua principal qualidade e seu principal defeito?
Sou birrenta... Me considero uma pessoa persistente.

8. Seu Hobby preferido?
Ler ou assistir filme ou seriado.

9. O que te inspira para postar no blog?
Falar sobre algo que gosto: livros, e dessa forma ajudar a divulgar essa maravilha que é ler.

10. Qual sua comida preferida?
Lasanha.

11. O que te faz Feliz?


Agora as perguntas Bianca Santoro

1. O que motivou você a criar o blog, canal ou fan page?
Já respondi.

2. Qual sua cor favorita?
Roxo.

3. O que sua família acha de você ter um blog, canal ou fan page?
Já respondi.

4. Qual sua blogueira, youtuber favorita?
Gosto muito dos canais da Tatiana Feltrin, Juliana Gervason, Patrícia Pirota (com T estrupício... kkk), Pam, Cabine Literária, Os Barbixas...

5. Qual o último filme que assistiu?
Os Miseráveis, o musical... FANTÁSTICO.

6. Se você pudesse ser um animal, qual seria?
Quero ter uma suindara.

7. Qual sua comida favorita?
Já respondi.

8. O seu blog, canal ou fan page fala sobre o que?
Livros.

9. Como você concilia suas tarefas pessoais, como trabalho, escola, faculdade etc com o blog?
É corrido. Sempre que posso deixo algumas postagens agendadas, e assim me dedico a outras atividades no decorrer da semana.

10. Qual seu maior defeito?
Já respondi.

11. Qual sua maior qualidade?
Já respondi.

Os blogs que indico para responder essa TAG são:

1. Uma Leitura a Mais: http://www.umaleituraamais.com.br/
3. Um conto literário: http://www.umcontoliterario.com/
4. Historia de uma mente inquieta: http://historiasdeumamenteinquieta.blogspot.com.br/
7. Quem gosta de ler: http://www.quemgostadeler.com/
10. Um Olhar de Estrangeiro: http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/


As perguntas que deveram responder são:  

1. Curte seriado? Quais?
2. Comida preferida?
3. Cor preferida?
4. Um lugar que gostaria de conhecer.
5. Já cursou faculdade? Se não pretende fazer? Qual?
6. Filme do coração?
7. Seus hobbys.
8. Uma citação que te defina.
9. Ler o livro antes ou ver o filme antes?
10. O que te levou a fazer o blog?
11. Como você concilia suas tarefas pessoais, como trabalho, escola, faculdade, etc. com o blog?


UFA! Terminei, espero que tenham gostado. Peço que ajudem a divulgar o blog.
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Viajei com: Quem é você, Alasca? - John Green


Esse ano resolvi participar de um desafio literário que vi no facebook. E o desafio do mês era ler um romance, e me propus a ler Quem é você, Alasca (John Green), pois nunca tinha lido nada dele e estava curiosa. Li ele super rápido, é um livro relativamente curto, com uma linguagem simples e uma diagramação legal. Looking for Alaska, publicado em 2005, é o romance de estreia de John Green, e só foi traduzido para o português em 2010.



A história é narrada em primeira pessoa, por Miles Halter, e é dividida em Antes e Depois, então logo no começo já dá para perceber que algo profundo e marcante (se bom ou ruim, ainda não sabemos) irá acontecer na vida do narrador, e a história será para contar esse fato.



Miles é um nerd aficionado por colecionar as últimas palavras das pessoas, que está saindo da casa dos pais para um colégio interno, Culver Creek, segundo ele "Eu vou a procura da Grande Incógnita'' (últimas palavras de François Rabelai).
Ao chegar, Miles conhece seu companheiro de quarto, Chip "O Coronel" Martin, que dá a Halter o irônico apelido de Bujão, pois ele é alto e muito magro. O “Coronel” apresenta Miles a Alasca Young, uma menina por qual Miles se apaixona, mas que não sente o mesmo por ele. Bujão nos conta as aventuras vividas por eles no colégio, que passa por quebrar as regras, como fumar e beber no campus.
Alasca se mostra uma verdadeira incógnita, e até um pouco bipolar, com variações de humor e temperamento inexplicáveis, além de ser uma pessoa fechada. Segundo Miles:


O que explica muito a personalidade de Alasca. E as frases que estão presentes na capa original se encaixam perfeitamente na história e de certa forma nós faz sentir e perceber o por que esse fato foi tão marcante para Miles, e achei muito legal: “Primeiro amigo, Primeiro amor, Últimas palavras”.
Gostei da escrita do John Green, pretendo ler outros livros do autor, acho totalmente válido como incentivo a leitura, mas não está no meu TOP 10 de livros favoritos.
Espero que tenham gostado, peço que ajudem a divulgar o blog.
Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Citação - Em Chamas (Suzanne Collins) #2



"– Não é necessário. Meus pesadelos normalmente têm a ver com perder você – diz ele. – Eu fico legal logo que percebo que você está aqui."

Como disse o Haymitch: "Você poderia viver mil vidas, e continuaria não o merecendo". Haymitch para Katniss sobre Peeta.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

TAG - Problemas de um Leitor

 

Hoje irei responder a TAG Problemas de um leitor, que vi no canal da Tatiana Feltrin.


Vamos às perguntas.

1. Você tem 20 mil livros para ler. Como você decide o vai que ler?

20 mil livros para ler seria maravilhoso... mas vamos a pergunta: a história que me chamar primeiro. Aquele livro que eu ao olhar na estante me atrair.


2. Você está no meio de um livro, mas não está gostando. Você para ou continua?

Continuo, sou muito persistente, e de uma forma geral gosto muito, ou pelo menos um pouco, dos livros que leio, mas teve um, que já foi mencionado aqui no blog, que foi Os Sertões, que conseguiu vencer minha persistência.


3. O fim do ano está chegando e você está perto, mas não tão perto de finalizar sua meta de leitura. O que você pretende fazer e como?

Bom, até o fim do ano de 2014 nunca havia feito uma meta de leitura, então nunca tive esse problema. Mas caso tenha, creio que não há muito que se fazer, a não ser lançar a meta para o próximo ano.


4. As capas de uma série que você ama são horríveis! Como você lida com isso?

Como já expliquei no post sobre edição bonita, a capa não influencia muito no processo de escolha de um livro para ler, mas quando vou comprar o livro procuro a edição que mais me agrada. Mas caso o livro só tenham uma edição compro ela mesmo e leio normalmente.


5. Todo mundo, incluindo sua mãe, gostam de livro que você não gosta. Como você compartilha esses sentimentos?

Sou sincera: digo que não me agradou, mas também não fico fazendo caso ou criticando a obra o tempo todo. O que vejo de mimi no Facebook por causa disso é fora do comum, tem post que mais parece novela mexicana de tanto drama que tem...


6. Você está lendo um livro e você está prestes a começar a chorar em público. Como você lida com isso?

Chorando... Simples assim... Embora não seja muito chorona durante a leitura, sou mais chorona assistindo do que lendo, a turma do 9ºB que o digam... kkk. Os únicos livros que me fizeram chorar foram Harry Potter e as Relíquias da Morte (as duas vezes que li) e Esperança.


7. A sequência do livro que você ama acabou de sair, mas você esqueceu parte da história anterior. Você lê o anterior novamente? Pula para a sequência? Lê uma sinopse ou resenha? Chora de frustração?!

Tenho um problema com séries inacabadas. Das 5 séries que comprei (Nárnia, As Brumas de Avalon, Harry Potter, Mundo de Tinta e Jogos Vorazes) comprei completas para não passar por isso. Mas dependendo do tamanho da série leria desde o começo sem problemas.


8. Você não quer que ninguém, NINGUÉM, pegue seus livros emprestados. Como você educadamente diz às pessoas NÃO quando eles perguntam?

Tirando o educadamente e dando um NÃO a la Michael Kyle... Simplesmente simples...


9. Déficit de Atenção. Você não conseguiu ler os livros que queria no último mês. O que você faz para voltar a ler mais?

Acabei de passar por isso com Os Miseráveis, o livro é maravilhoso, mas é muito denso, grande e está me sugando bastante, dei uma pausa e li Quem é você, Alasca?, e após essa pausa retomei a leitura e ela vem fluindo muito bem. Ler um livro mais tranquilo, um pouco mais fino ajuda a retomar o ritmo.


10. Há muitos livros novos que foram lançados e que você está morrendo de vontade de ler! Quantos deles você realmente compra?

Costumo ser bem ponderada nas minhas compras, costumo comprar entre dois a três livros por mês, menos em Novembro, pois temos Black Friday e o 13º salário, então posso gastar um pouco mais e também as férias então chegando e posso ler mais. E lançamento sempre é bom esperar um pouco, pois o preço sempre cai...


11. Depois de ter comprado os novos livros que você tanto queria, quanto tempo eles ficam em sua prateleira antes de você realmente ler?

Levando em consideração a pergunta anterior, ficam muito pouco, no muito 2 meses, quando compro muito livros de uma vez. Em geral logo que compro eu leio.



É isso... Espero que tenham gostado, peço que ajudem a divulgar o blog.
Caso queira comprar alguns dos livros, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Viajei com: Will e Will - John Green e David Levithan

Olá... Olá... Olá... Hoje quero comentar com vocês sobre o livro Will e Will escrito por John Green e David Levithan.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.


Sinopse: Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em uma aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.

O livro é narrado em primeira pessoa, e a narrativa ´´e dividida entre o Will escrito por John Green e o Will escrito pelo David Levithan, o que deixou a história bem dinâmica e interessante.
Will (John Green) é um rapaz nerd, que procura viver a vida da melhor maneira possível, tem um bom relacionamento com os pais, e tem como melhor amigo Tiny (que é MUITO show), um jogador de futebol americano, astro do time. Identifiquei-me muito com esse Will.
Já o Will (David Levithan) – OH MY GOD – comecei o livro com vontade de bater nele, muito mimizento:

- Oh vida. Oh céus. Oh azar. Não vai dar certo.

E isso me estressou muito, tive vontade de pular os capítulos dele ou largar o livro, além disso, TODOS os capítulos dele não tem uma letra maiúscula, o que me desagradou. Mas depois fui me acostumando e acabei gostado um pouco dele. Amei a mãe dele, UAU, que força de vontade, paciência e compreensão.

Embora seja uma trama simples, trás uma história envolvente e tem o amor e amizade como tema principal. Fica recomendado, e espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Projeto: 100 (143) melhores livros da história (ATUALIZADO EM 01/01/2018)

OLÁ... OLÁ... OLÁ... Tudo bem com vocês??? Dando uma olhada no Facebook vejo essa reportagem: 100 melhores livros da história. A lista é elaborada pela Revista BULA, que fez um compilado das listas elaboradas pelas publicações: “The New York Times”, “Amazon”, “Le Monde”, “The New York Public Library”, “BBC”, “The Guardian”, “Modern Library”, “Time”, “Newsweek”, “Telegraph”, “Lists Of Bests”, “Wikipedia”, “Folha de S. Paulo”, “Revista Época”, “Revista Bravo”. Resolvi pegar os livros listados pela Revista Bula e Revista Bravo. Então “minha lista” ficou assim:

LIVROS QUE JÁ LI
Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis
A Revolução dos Bichos, de George Orwell
Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley


IREI LER

1984, de George Orwell
A Amada, de Toni Morrison
A Cidade e as Serras, de Eça de Queirós
A Ilustre Casa de Ramires, de Eça de Queirós
A Comédia Humana, de Honoré de Balzac
A Condição Humana, de André Malraux
A Consciência de Zeno, de Italo Svevo
A Divina Comédia, de Dante Alighieri
A Epopeia de Gilgamesh
A Interpretação dos Sonhos, de Sigmund Freud
A Invenção de Morel, de Adolfo Bioy Casares
A Laranja Mecânica, de Anthony Burgess
A Montanha Mágica, de Thomas Mann
Doutor Fausto, de Thomas Mann
José e Seus Irmãos, de Thomas Mann
A Morte de Virgílio, de Hermann Broch
A Náusea, de Jean-Paul Sartre
A Origem das Espécies, de Charles Darwin
A Peste, de Albert Camus
O Estrangeiro, de Albert Camus
A Sangue Frio, de Truman Capote
A Tarde de um Fauno, de Stéphane Mallarmé
A Terra Desolada, de T. S. Eliot
A Vida de Galileu, de Bertolt Brecht
A Vida e as Opiniões do Cavalheiro Tristram Shandy, de Laurence Sterne
Adeus às Armas, de Ernest Hemingway
O Sol Também se Levanta, de Ernest Hemingway
Por Quem os Sinos Dobram, de Ernest Hemingway
Anna Kariênina, de Liev Tolstói
Ardil 22, de Joseph Heller
As Asas da Pomba, de Henry James
Retrato de uma Senhora, de Henry James
As Aventuras de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll
As Aventuras de Huckleberry Finn, de Mark Twain
As Cidades Invisíveis, de Italo Calvino
As Flores do Mal, de Charles Baudelaire
As Irmãs Makioka, de Junichiro Tanizaki
As Três Irmãs, de Anton Tchekhov
As viagens de Gulliver, de Jonathan Swift
As Vinhas da Ira, de John Steinbeck
Canções da Inocência-Canções da Experiência, de William Blake
Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez
Contos – Hans Christian Andersen
Contos da Cantuária, de Geoffrey Chaucer
Corre, Coelho, de John Updike
Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski
Decamerão, de Giovanni Boccaccio
Desonra, de J. M. Coetzee
Dom Quixote, de Miguel de Cervantes
Doutor Jivago, de Boris Pasternak
Édipo Rei, de Sófocles
Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust
Eneida, de Virgílio
Enquanto Agonizo, de William Faulkner
Luz em Agosto, de William Faulkner
O Som e a Fúria, de William Faulkner
Esperando Godot, de Samuel Beckett
Fausto, de Johann Wolfgang von Goethe
Ficções, de Jorge Luis Borges
Finnegans Wake, de James Joyce
Retrato do Artista quando Jovem, de James Joyce
Ulisses, de James Joyce
Folhas de Relva, de Walt Whitman
Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa
Grandes Esperanças, de Charles Dickens
Guerra e Paz, de Leon Tosltói
Hamlet, de William Shakespeare
Noite de Reis, de William Shakespeare
Otelo, de William Shakespeare
Rei Lear, de William Shakespeare
Sonetos, de William Shakespeare
Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
Histórias, de Heródoto
Ilíada, de Homero
Odisseia, de Homero
Lolita, de Vladimir Nabokov
Longa Jornada Noite Adentro, de Eugene Gladstone O’Neill
Lord Jim, de Joseph Conrad
O Coração das Trevas, de Joseph Conrad
Madame Bovary, de Gustave Flaubert
Matadouro 5, de Kurt Vonnegut
Medeia, de Eurípides
Memorial do Convento, de José Saramago
Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar
Mensagem, de Fernando Pessoa
Meridiano de Sangue, de Cormac McCarthy
Metamorfoses, de Ovídio
Middlemarch, de George Eliot
Moby Dick, de Herman Melville
Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf
Rumo ao Farol, de Virginia Woolf
O Amante de Lady Chatterley, de D.H. Lawrence
O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger
O Burlador de Sevilha, de Tirso de Molina
O Capital, de Karl Marx
O Castelo, de Franz Kafka
O Processo, de Franz Kafka
O Complexo de Portnoy, de Philip Roth
O Deseros dos Tártaros, de Dino Buzzati
O Grande Gatsby, de Francis Scott Fitzgerald
O Homem Invisível, de Ralph Ellison
O Homem sem Qualidades, de Robert Musil
O Jogo da Amarelinha, de Julio Cortázar
O Leopardo, de Tomasi di Lampedusa
O Livro das Mil e Uma Noites
O Lobo da Estepe, de Herman Hesse
O Mahabharata
O Mestre e Margarida, de Mikhail Bulgákov
O Náufrago, de Thomas Bernhard
O Paraíso Perdido, de John Milton
O Príncipe, de Nicolau Maquiavel
O Rinoceronte, de Eugène Ionesco
O Tambor, de Günter Grass
O Vermelho e o Negro, de Stendhal
On The Road, de Jack Kerouac
Orgulho e Preconceito, de Jane Austen
Os Cantos de Maldoror, de Lautréamont
Os Cantos, de Ezra Pund
Os Ensaios, de Michel de Montaigne
Os Lusíadas, de Luís de Camões
Os Moedeiros Falsos, de André Gide
Os Três Mosqueteiros, de Alexandre Dumas
Pais e Filhos, de Ivan Turguêniev
Paralelo 42, de John dos Passos
Pedro Páramo, de Juan Rulfo
Pergunte ao Pó, de John Fante
Reparação, de Ian McEwan
Robinson Crusoé, de Daniel Defoe
Seis Personagens à Procura de um Autor, de Luigi Pirandello
Tartufo, de Molière
Teogonia, de Hesíodo
Trópico de Câncer, de Henry Miller
Um Bonde Chamado Desejo, de Tennessee Williams
Uma Passagem para a Índia, de Edward Morgan Forster
Uma Temporada no Inferno, de Arthur Rimbaud
Viagem ao Fim da Noite, de Louis-Ferdinand Céline


Só deixando claro que: assim como o Projeto Lendo o Mundo, esse projeto também é para perder de vista, sem prazo para acabar. Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.