segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Viajei com: O Bicho-da-seda - Robert Galbraith


Hoje quero compartilhar com você minhas impressões de leitura do livro O Bicho-da-seda de Robert Galbraith (J. K. Rowling). Ele foi publicado primeiramente em 2014, com o título The Silkworm, sendo traduzido e publicado no Brasil, pela Editora Rocco com o título O Bicho-da-seda. Esse é o segundo livro do gênero romance policial publicado pela J. K., e faz parte de uma série de livro que tem como personagens principais o detetive Comoran Strike e sua assistente Robin Ellacott.


Por se tratar de uma série de romances policiais, os livros podem ser lidos de forma independente, pois uma história não tem ligação com a outra, cada livro relata a investigação de um caso diferente, mas é legal acompanhar na sequência, e perceber a evolução dos personagens, em especial a Robin. Caso queira ver meus comentários sobre O Chamado do Cuco, é só clicar no link, que está no título do livro.
Em O Bicho-da-seda um famoso e excêntrico escritor, Owen Quine, desaparece sem deixar notícias. Bem, até aí nenhuma novidade, pois ele costumava fazer isso com muita frequência, e após sua esposa acionar a policia e a mídia, ele simplesmente reaparecia em um retiro para escritores ou em um hotel qualquer.
Como o marido está demorando a reaparece e a filha do casal está inquieta, a Sra. Owen decide procurar Strike e contratá-lo para investigar o sumiço do marido. A princípio Strike não está muito disposto a aceitar o caso, mas para se livrar de um cliente mais indesejado, acaba aceitando.
No começo todos pensam se tratar apenas do sumiço costumeiro de Owen para chamar a atenção para si, já que está pretendendo lançar um novo livro. Com o avançar da investigação ele acaba se surpreendendo, e percebe que há mais coisas em envolvidas do que se imaginava. O livro que Owen acabara de escrever, chamado “Bombyx Mori” (nome científico do bicho-da-seda) e que considerava sua obra-prima, era também um livro perigoso, pois nele Quine criticava e atacava diretamente e indiretamente várias pessoas que ele conhecia (do meio editorial, familiares e “amigos”).
Sendo assim, se o livro fosse publicado muitas pessoas seriam prejudicadas, em maior ou menor grau, ou seja: MUITAS pessoas tinham motivos para liquidar Quine e impedir a publicação do livro. E foi justamente isso o que aconteceu, Quine é encontrado morto exatamente da mesma forma que o personagem principal de seu novo livro.
A forma brutal e repulsiva que Owen foi assassinado sugere que o assassino fora mencionado no livro e teve acesso aos manuscritos que fora enviado para analise, mas como Quine insultou meio mundo e digamos que sigilo quanto ao manuscrito não era prioridade, a lista de suspeito é bem grande.
Não dá para negar que há MUITA crítica aos integrantes do mercado editorial de uma forma geral: autores egocêntricos, jornalistas fofoqueiros, etc... Também é inegável o fato de que J. K. conhece bem esse espaço, afinal de contas são quase 20 anos nesse ramo, desde o primeiro Harry Potter, publicado em 1997.
O legal dessa série de romances é que nós não vemos apenas o caso em si, mas como a vida pessoal de Strike e de Robin interfere em seu trabalho e no desenrolar do caso, que terá grande participação de Robin em sua resolução.
A respeito do Cormoran tenho a dizer que embora seja um detetive brilhante, Strike consegue realmente me irritar com seu mimi e machismo... Sei que essas características são intencionais, pois não há nenhum personagem da J. K. que não possua defeitos, bem como suas qualidades. E que provavelmente o Strike que conhecemos no primeiro livro, será bem diferente do Strike que nós será nos próximos livros, e o mesmo vale para a Robin.
Em outubro foi lançado na Inglaterra o terceiro volume da série, que tem como título Career of Evil, e dessa vez o Cormoran é um dos suspeitos. QUERO MUITO LER, mas não tem previsão de lançamento aqui no Brasil – ROCCO SUA LINDA, AGILIZA ISSO POR FAVOR, BEIJOS.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário