segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Viaje com: The Heart of Betrayal - Mary E. Pearson


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei comentar sobre o segundo volume da trilogia Crônicas de Amor e Ódio, The Heart of Betrayal de Mary Pearson. Já fiz post sobre o primeiro volume dessa trilogia, The Kiss of Deception. E como se trata do segundo volume irá ter MUITOS spoiler do primeiro volume, então caso não queira spoiler não indico a leitura desse post.



O segundo volume se inicia exatamente onde termina o anterior: Lia e o príncipe Rafe estão como prisioneiros de Venda, e vão tentar se manter vivos até os amigos de Rafe conseguirem ajuda-los na fuga.
Ao longo da narrativa dos dois livros percebemos um desenvolvimento dos personagens, que ganham novas camadas e nuances, por exemplo, a Lia aprendendo a controlar sua impulsividade. Temos também o aparecimento de novos personagens, como o Komizar, o líder de Venda.
Nesse volume temos um foco maior nas questões políticas, jogo de poder, estratégia e conspiração, onde conhecemos mais de Venda e de sua história e costumes, o que apenas enriquece a história criada pela autora.
A estrutura narrativa permanece a mesma: narrativa em primeira pessoa, com diversas perspectivas; escrita fluída e bem descritiva, sem ser cansativa; linguagem tranquila, mas bonita e até poética.
Nesse volume só confirmei minha opinião de que a Lia nutre apenas carinho por Kaden, mas ama mesmo é o Rafe, e creio que eles terminaram juntos, bem ao estilo “Às vezes um homem encontra o seu destino na estrada que tomou para evitá-lo!”, ou seja, ela foi para Terravin fugindo de um casamento com Rafe, e foi lá que ela se apaixonou por ele.
Achei que teríamos um desenvolvimento maior do dom da Lia, mas essa parte não foi muito abordada no livro. Mas algo me chamou MUITO a atenção nessa trilogia é a amizade entre as mulheres, que não ficam de picuinhas sobre quem vai ficar com o “boy”, mas procuram se ajudar e se protegem.
A edição do livro continua LINDISSÍMA, e assim como no livro anterior, entre alguns capítulos há trechos das Crônicas de Morrighan e canções de Venda, que aos poucos vão nós dando um panorama da verdadeira natureza dos conflitos entre os reinos e o papel de Lia na trama.
E assim como o livro anterior, esse livro também termina em um cliffhanger que me deixou ansiosíssima pela continuação, The Beauty of Darkness, que li logo em seguida, e irá sair resenha semana que vem.

Então é isso, espero que vocês tenham gostado. Beijos a até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário