segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Viajei com: A Revolução dos Bichos - George Orwell


Tudo bem com vocês??? No post de hoje vou comentar sobre o INCRÍVEL A Revolução dos Bichos de George Orwell.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.



O livro foi escrito em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945. A obra faz claras referências a história da União Soviética, a Stálin, Trotsky, e os eventos políticos – expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História - mimetizam os que estavam em curso na União Soviética. Mais de sessenta anos depois de escrita, a obra continua atual, com sua alegoria sobre as fraquezas e a corrupção humana.
A revolução dos bichos combina brilhantemente duas ricas tradições literárias: a das fábulas morais e a da sátira política. Cansados de serem explorados e negligenciados por Jones, o dono da Granja do Solar, os animais da granja, liderado pelos porcos, fazem uma revolução e expulsam os humanos do local. Após conseguirem tomar a granja os animais tentam criar uma sociedade utópica. A princípio essa sociedade seria regida por 7 leis básicas, para uma melhor convivência:

1. Qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo.
2. Qualquer coisa que ande sobre quatro patas, ou tenha asas, é amigo.
3. Nenhum animal usará roupas.
4. Nenhum animal dormirá em cama.
5. Nenhum animal beberá álcool.
6. Nenhum animal matará outro animal.
7. Todos os animais são iguais.

Mas a situação não sai bem como o planejado. Os porcos, os animais mais inteligentes da fazenda, acabam assumindo o controle. A revolução que começou com 7 mandamentos, acaba com um: “Todos os animais são iguais, MAS ALGUNS SÃO MAIS IGUAIS QUE OS OUTROS”.
Esse livro me lembrou MUITO o final de A Esperança, terceiro livro da trilogia Jogos Vorazes, toda a revolução e os acontecimentos finais. Me lembrou também uma fábula chamada Ratolândia que está disponível no Youtube, de uma conferida, vale muito a pena.

Então é isso, espero que vocês tenham gostado, e SUPER ULTRA MEGA BLASTER recomendo esse livro. Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário