segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Viajei com: O Futuro da Humanidade - Augusto Cury


Tudo bem com vocês??? Hoje que falar com vocês sobre o INCRÍVEL O Futuro da Humanidade de Augusto Cury.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.



SINOPSE: Primeiro romance do psiquiatra Augusto Cury, "O Futuro da Humanidade" oferece uma rara oportunidade de repensar a sociedade e o rumo de nossas vidas. Cury nos presenteia com uma saborosa ficção que ilustra os ensinamentos presentes em seus livros e se apoia na sua vasta experiência profissional.
Esta obra conta a trajetória de Marco Polo, um jovem estudante de medicina de espírito livre e aventureiro como o do navegador veneziano do século XIII, em quem seu pai se inspirou ao escolher seu nome.
Ao entrar na faculdade cheio de sonhos e expectativas, Marco Polo se vê diante de uma realidade dura e fria: a falta de respeito e sensibilidade dos professores em relação aos pacientes com transtornos psíquicos, que são marginalizados e tratados como se não tivessem identidade.
Indignado, o jovem desafia profissionais de renome internacional para provar que os pacientes com problemas psiquiátricos merecem mais atenção, respeito e dedicação - e menos remédios.
Esta comovente narrativa nos leva a uma fascinante viagem pelo mundo da psicologia, introduzindo conceitos científicos de forma simples e nos fazendo refletir sobre paradigmas da medicina, a indústria de preconceito e o sistema social.


Conheci esse livro por intermédio de uma estudante de enfermagem, a Lis, que dividia a casa comigo quando fazia faculdade (fiz Ciências Biológicas), há uns 8 anos atrás. Pois a professora de psicologia dela passou a leitura desse livro durante o semestre e a Lis me recomendou e muito o livro. Bom, eu enrolei, enrolei, mas recentemente me deu uma vontade de lê-lo. E que bom que resolvi matar essa vontade, pois AMEI a leitura, e é muito provável que esse livro esteja no meu TOP 10 no final do ano, pois esse foi um livro que tive vontade de pegar o marca-texto e sai marcando tudo.
Em sua primeira aula de Anatomia, Marco questiona o professor sobre o nome e a história dos corpos que eles estariam dissecando ao longo das aulas. O professor é super grosseiro com ele, e o desafia a procurar ele próprio a história dessas pessoas e contar para a turma. Sem saber o professor mudou completamente a história do jovem, além da própria visão de mundo.
A princípio imaginei que a história seria apenas a busca de Marco Polo pela história dessas pessoas. Mas não, a história contínua, e acompanhamos o “vendaval” Marco Polo em sua vida pessoal e profissional.
A estrutura do livro é como se fosse uma coletânea de contos, que possuem um único protagonista e no final as histórias se entrelaçam. As histórias de várias pessoas se interligam a de Marco, o influenciando e sendo influenciadas.
Ao longo da narrativa somos levados a INÚMERAS reflexões, sobre a sociedade,           sobre a vida, sobre a morte, sobre Deus, sobre as nossas escolhas e suas influências, sobre enfrentarmos nossos medos, sobre doenças psicológicas, sobre preconceito, e por ai vai.
E só me fez amar e muito mais a música do Loius Armstrong: “What a wonderful world.”



Então é isso. Fica HIPER MEGA SUPER recomendada a leitura. Espero que vocês tenham gostado, beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário