segunda-feira, 4 de abril de 2016

Viajei com: As Memórias de Sherlock Holmes - Sir Arthur Conan Doyle


Tudo bem??? Hoje quero conversar com vocês sobre o livro As Memórias de Sherlock Holmes de Sir Arthur Conan Doyle.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional.


O livro foi lançado em 1894, e reúne 11 contos narrados pelo Dr. Watson que foram publicados entre Dezembro de 1892 e Dezembro de 1893 pela revista Strand Magazine. Os contos são:

O Estrela de Prata Dezembro de 1892;

Singular caso do desaparecimento do cavalo "Estrela de Prata", campeão de hipismo, e o assassinato do treinador do cavalo. Isso próximo à corrida da Taça Wessex.


A Face Amarela – Fevereiro de 1893;

Mr. Grant Munro procura Sherlock Holmes por suspeita de adultério, mas o desdobramento do caso é completamente impensável.


O Escriturário da Corretagem – Março de 1893;

Dr Watson tira uma pequena licença de sua clínica médica para auxiliar Holmes num novo caso. O novo cliente do detetive, Mr. Pycroft, fica sabendo de uma vaga de emprego na firma de corretagem Mawson & Williams, por um bom salário, quando recebeu uma nova proposta, de um homem que oferecia-lhe quase o dobro do que iria ganhar na Mawson & Williams, para que Pycroft sequer se apresentasse ao novo cargo, Pycroft deseja que Holmes descubra mais sobre a estranha proposta, que já foi aceita.


A Tragédia do Gloria Scott – Abril de 1893;

Watson incomodado com o excesso de papelada de Holmes sugere uma organização de seus arquivos, durante o processo Sherlock Holmes encontra alguns papéis referentes ao caso "Gloria Scott", e resolve contar sobre o caso a Dr. Watson.


O Ritual Musgrave – Maio de 1893;

Também enquanto organizava seus arquivos, Sherlock Holmes se deparou com documentos relacionados a um misterioso caso de sua juventude, que envolvia um documento e um tesouro relacionados à família Musgrave.


O Enigma de Reigate – Junho de 1893;

Após trabalhar arduamente em um caso de importância internacional, Sherlock Holmes acaba ficando enfermo e é mandado a Lyon na França para que se restabeleça, mas os mistérios parecem perseguir o famoso detetive, mesmo na calma zona rural.


O Corcunda – Julho de 1893;

Sherlock Holmes faz uma visita a Dr. Watson em uma hora e momento um pouco peculiares, tarde da noite, e com muita chuva, para pedir que o médico acompanhasse-o numa de suas investigações. O coronel James Barclay foi assassinado de uma forma aparentemente violenta, e sua esposa Nancy é uma das principais suspeitas da polícia, mas Holmes não confia tanto nesta hipótese, e resolve investigar o caso, para evitar que um inocente vá para a prisão. Um caso muito interessante e bem arquitetado.


O Paciente Internado – Agosto de 1893;

O Dr. Percy Trevelyan, procura Sherlock Holmes, por conta de um paciente muito suspeito que visitou a sua clínica.


O Intérprete Grego – Setembro de 1893;

Essa história é a principal fonte de estudos sherlockianos a respeito da família de Sherlock Holmes. Neste conto, Sherlock é levado a descobrir o mistério que envolveu um colega de trabalho de Mycroft Holmes, que servia de intérprete da repartição e que atuava principalmente como intérprete de grego, já que a Grécia era sua terra natal.


O Tratado Naval – Outubro/ Novembro de 1893;

Percy Phelps, um antigo colega de Dr. Watson, e envia uma carta ao amigo, pedindo o auxílio deste e de Sherlock Holmes, pois importantes documentos que estavam sobre sua responsabilidade sumiram, não bastando isso, Phelps ainda sofre uma tentativa de assassinato.


O Problema Final – Dezembro de 1893.

Esse conto causou MUITA, MUITA polêmica mesmo. Sherlock Holmes decide enfrentar o maior bandido de toda a Europa, o Professor Moriarty. Ainda bem que Conan Doyle voltou atrás da decisão que ele havia tomado...


Espero que vocês tenham gostado, beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário