quarta-feira, 18 de outubro de 2017

TOP 5 - Todo mundo ama, menos eu


Tudo bem com vocês??? No post de hoje irei fazer um TOP 5 dos livros que não curtir muito a leitura e que são favoritos de uma quantidade significativa de leitores. É claro que não somos o donos da verdade, e que isso é super normal de ocorrer. Vamos à lista:

1. Os Sertões – Euclides da Cunha


Esse livro foi passado pela minha professora de português do 3º ano do Ensino Médio, mas não rolou, achei o livro cansativo, repetitivo e arrastado. Não consegui terminar a leitura e abandonei nas primeiras páginas. No Skoob ele conta com uma nota 3,6 e foi favoritado por 143 leitores dos 4500 que marcaram o livro como lido.


2. O cortiço – Aluísio de Azevedo



Esse foi outro livro que abandonei, achei algumas cenas de muito mal gosto. Em suma não deu. No Skoob ele conta com uma nota 3,6 e foi favoritado por 1883 leitores dos 113780 que marcaram o livro como lido.


3. Cidades de papel – John Green



Achei a Margo uma sem noção e o Quentin um bobão. O John Green escreve muito bem, mas essa história eu não curti muito. No Skoob ele conta com uma nota 3,8 e foi favoritado por 7655 leitores dos 70839 que marcaram o livro como lido.


4. A verdade sobre nós – Amanda Grace



Já comentei VÁRIAS vezes que não curti essa obra. Achei a Madelyn mimizenta e pirracenta, daquele tipo que só fica dizendo o quanto os pais são ridículos, etc. etc. Não consegui me convencer dos sentimentos dela por Bennet, que ficou me parecendo uma forma de enfrentar os pais. No Skoob ele conta com uma nota 3,5 e foi favoritado por 234 leitores dos 2403 que marcaram o livro como lido.


5. Por lugares incríveis – Jennifer Niven



Esse é o mais controverso dentre as minhas escolhas, mas não curti esse livro, achei abusiva a relação entre os personagens principais, além de alguns fatos não serem explicados e outros bem mórbidos. No Skoob ele conta com uma nota 4,5 e foi favoritado por 4104 leitores dos 10809 que marcaram o livro como lido.


Então é isso, espero que vocês tenham gostado. Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário