quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Viajei com: Assassinato na Casa do Pastor - Agatha Christie - PAC #2

Olá... Na sexta-feira passada publiquei um post sobre o PAC, que não é o Programa a Aceleração do Crescimento, e sim o Projeto Agatha Christie... E hoje teremos a segunda resenha do projeto. A primeira foi sobre E não sobrou nenhum (que é incrível).
Como já havia explicado, resolvi começar o projeto pelos livros com a Miss Marple e o primeiro livro publicado tendo ela como detetive é o Assassinato na Casa do Pastor. A edição que tenho é da Altaya/Record, e contêm 240 páginas.



O livro é narrado por Leonard Clement, pastor de uma congregação em St. Mary Mead, uma aldeia no interior do condado Downshire (ambos fictícios). Durante o jantar em sua casa, Clement, comenta que quem matasse o coronel Protheroe faria um bem para humanidade. E é exatamente isso que acontece, o coronel, um homem nada popular, é assassinado no escritório da casa do pastor.
O assassino seguiria ileso se uma das vizinhas do pastor não fosse a Miss Marple, uma senhora muito perspicaz, observadora, com uma mente vívida e afiada, que “ajudará” a polícia local a desvendar o crime.
Uma frase de Miss Marple resume de forma simples e básica a personalidade da personagem e o desenrolar das narrativas dos livros onde ela aparece: “Sendo a natureza humana o que é, nunca se sabe”, pois ela é descrita como uma grande conhecedora na natureza humana, sua falhas e fraquezas, se utilizando desse conhecimento para desvendar os mistérios que lhe são apresentados.
A narrativa conta com um final surpreendente (ou não, caso você seja tão observador como Miss Marple), e algumas reviravoltas, que são características dos romances da autora.
Apesar de toda a trama girar em torno desse assassinato, existem outros mistérios a serem resolvidos no decorrer da história, pois como diz a própria Miss Marple “sendo a natureza humana o que é, nunca se sabe”.
Fica a dica de um romance policial muito bom e intrigante, a próxima resenha do projeto sairá em Janeiro (Segunda-Feira vocês saberão o motivo, aguardem), e será sobre o livro Os Treze Problemas, pois resolvi fazer as resenhas seguindo a ordem de publicações.
Espero que tenham gostado, peço que ajudem a divulgar o blog. Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.
PS: devo confessar que tenho dificuldades em lembrar todos os sobrenomes que vão aparecendo durante a narrativa (principalmente por se tratar de sobrenomes em inglês), mas isso dura apenas as primeiras 50 páginas, depois fica mais fácil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário