segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Viajei com: Sangue de Tinta - Cornelia Funke

Olá, Segunda-Feira é dia de RESENHA: o livro da vez será Sangue de Tinta – Cornelia Funke, segundo livro da Trilogia Mundo de Tinta (essa trilogia é muitoamor.com.br).


O livro foi publicado no Brasil em 2009. Desde já adianto que não a resenha não será imparcial (pois sou fã assumida dessa trilogia) e que pode haver spoiler do primeiro livro.


Nesse livro conhecemos o Mundo de Tinta, mundo criado por Fenoglio no livro intitulado Coração de Tinta, que servirá como pano de fundo das histórias narradas em Sangue de Tinta e Morte de Tinta, e onde se passa a história de Dedo Empoeirado, Capricórnio e seus Incendiários – gostei muito disso, pois quando conheci o filme Coração de Tinta quis muito conhecer esse mundo, Ombra... e encontra-lo nesse livro foi ótimo.
A história começa com Dedo Empoeirado e Farid a espera de Orfeu, outro língua encantada (a quem Farid chama de Cabeça de Queijo) que promete, em troca de dinheiro, enviar os dois para o Mundo de Tinta. Mas eles são enganados e apenas Dedo Empoeirado entra no livro.
Farid em desespero procura Meggie, que após os acontecimentos de Coração de Tinta, juntamente com os pais e Darius, passa a morar com Elionor. Se “aproveitando” da “paixonite” de Meggie por ele (além é claro da curiosidade da menina pelo Mundo descrito por Fenoglio), Farid convence ela a envia-los para dentro do livro. Alguns leitores criticaram o romance entre Meggie e Farid, bom... não são as minha cenas favoritas, mas esse romance possui certa importância para o desenrolar da narrativa.
Como se não bastasse, Mortola e Basta resolvem levar Mo e Ressa para o Mundo de Tinta, com auxilio de Orfeu, contratado para envia-los, deixando para trás uma Elionor deprimida e Darius perdido.
No decorrer da história, Mo assume um novo papel, um novo personagem (que foi criado por Fenoglio quando entra no seu próprio mundo), esse fato é muito importante no próximo livro.
Como boa parte da história se passa no Mundo de Tinta, somos apresentados a MUITOS personagens novos, muitos mesmo, de “fundir o tico e teco” – e para facilitar ao leitor se situar, a autora disponibilizou no fim do livro um “Quem é quem”, onde explica um pouco sobre os personagens. AINDA BEM, e achei bem legal essa ideia. Então aconselho a recorrer ao “Quem é quem” sempre que surgir uma duvida sobre algum personagem.
Preciso confessar que quando abri a caixa com os três livros:



Apaixonei-me pela obra antes mesmo de ter lido (conhecia apenas o filme), a cada inicio de capitulo temos uma epigrafe relacionada à história que será contada. As capas são lindíssimas, além das belíssimas ilustrações a cada fim de capitulo (todas feitas pela autora – capas e ilustrações):

Aldeia de Capricórnio




Gwin - marta de Dedo Empoeirado

Homem de vidro de Fenoglio



Fica a dica de uma trilogia FANTÁSTICA. Caso queira ler a resenha de Coração de Tinta só clicar aqui.

Caso queira comprar o livro, é só clicar no LINK, e se você comprar QUALQUER livro por esse link você ajuda o blog sem nenhum custo adicional. Beijos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário